Shows, Festas, Eventos, Congressos, Feiras
Você está em: » Eventos » Espetáculos »
Poesia não compra sapato, mas como andar sem poesia?
Descrição:
Os alunos da turma de Iniciação Teatral do Centro Cultural Gustav Ritter, sob direção do professor Nivaldo Junior, apresentam o espetáculo Poesia não compra sapato, mas como andar sem poesia?, dia 13 de junho, às 20 h, no teatro do Centro Municipal de Cultura Goiânia Ouro.

O trabalho reúne textos e poesias de grandes autores como Carlos Drummond de Andrade, Fernando Pessoa, Vinicius de Moraes, Manoel Bandeira, Mário Quintana, Paulo Leminski, Ferreira Gullar, Adélia Prado, Cecília Meireles e Cora Coralina.

Os poemas escolhidos para a montagem trazem uma rica expansão de mundos que surgem por meio da interpretação, observa o diretor Nivaldo Junior.

“A musicalidade tem mais do que sons. As letras que vem ao encontro dos poemas se encaixam definitivamente no espetáculo, procurando mostrar - do início ao fim - as grandes emoções que a poesia pode nos proporcionar”, lembra .

A concepção do espetáculo, segundo ele, possibilita a percepção “dos tipos de pessoas que podemos ser, as nossas metades, grandes histórias de amor que traduzem nosso viver. A aventura do viver quase sempre traz uma eterna insatisfação o que nos faz buscar no outro um complemento, uma resposta, uma tradução”, conclui.



Textos e poemas



No meio do caminho, Verdade, Idéia – Carlos Drummond



Poesia não compra sapato, Genocídio – Emanoel Marinho



Tenho tanto sentimento – Fernando Pessoa



Das Pedras – Cora Coralina



Corridinho – Adélia Prado



Poema de Natal – Vinicius de Moraes



Belo, belo, belo – Manoel Bandeira



Bilhete – Mário Quintana



Eu – Paulo Leminski



Metade – Oswaldo Montenegro



Traduzir-se – Ferreira Gullar



Sonhos e Motivos – Cecília Meireles

Redes Sociais do evento:
n.i.
Status:
Confirmado
Início:
13/06/2013 as 20:00
Fim:
Data diferenciada:
Classificação:
n.i.
Valor do Ingresso:
R$ 20, inteira/ R$10 meia
Pontos de Venda:
n.i.
Atrações:
n.i.
Outras Informações:
n.i.
Vídeo:
n.i. 



0 pessoas vão

1 pessoas não vão

.  .  .  .  .  .  .  .